O estreante britânico Jake Dennis junta-se à BMW i Andretti Motorsport depois de conquistar a cobiçada vaga com um desempenho impressionante na avaliação para seleção de pilotos da marca antes do ABB FIA Formula E World Championship 2020/21.

Nascido em Nuneaton, Warwickshire, Dennis entrou no mundo do automobilismo em 2007 com uma estreia bem-sucedida em vários campeonatos britânicos e mundiais de kart.

Depois disso, Dennis chegou aos monopostos em 2011. Ele voou baixo com um domínio no primeiro campeonato InterSteps, ficando com o título com oito vitórias, sete poles e 16 pódios.

O britânico continuou a trajetória vitoriosa em 2012, conquistando a Northern European Cup da Fórmula Renault já primeira tentativa. Esse desempenho foi suficiente para dar a ele o prestigioso prêmio McLaren Autosport BRDC - prêmio de absoluto prestígio no automobilismo britânico que já teve outros pilotos da Fórmula E, como Oliver Turvey, Alexander Sims, Oliver Rowland, além do comentarista Dario Franchitti, entre os vencedores.

Na temporada seguinte, Dennis continuou na Eurocup da Fórmula Renault 2.0. O melhor resultado dele em 2013 foi no Pau Trophy, sem contar pontos para o campeonato, quando ficou em terceiro lugar no rápido, mas técnico, circuito da estrada de Pau, na França.

Dennis continuou subindo os degraus em direção aos monopostos com uma mudança de categoria para o Campeonato Europeu de Fórmula 3 da FIA. Depois de uma temporada de adaptação em 2014, no ano seguinte, o britânico terminou em terceiro lugar na classificação geral, atrás de Felix Rosenqvist e Antonio Giovinazzi na categoria altamente competitiva, conquistando seis vitórias, seis poles e 16 pódios. Ele também ficou entre os dez primeiros no famoso Grande Prêmio de Macau.

Em 2016, Dennis competiu na GP3 Series, e as vitórias em Monza e Sepang deram a ele o quarto lugar na classificação geral na temporada de estreia. Naquele ano, Dennis também viveu as primeiras experiências em carros esportivos, guiando pela G-Drive no FIA World Endurance Championship, o que incluiu uma participação pela equipe nas lendárias 24 Horas de Le Mans.

Em 2017 e 2018, Dennis demonstrou a capacidade de adaptação ao correr em muitos segmentos variados do automobilismo, indo dos monopostos da Fórmula 3 para os carros esportivos da Blancpain GT Series e do ADAC GT Masters.

Demonstrando toda a habilidade na categoria GT, Dennis conseguiu uma vaga na Aston Martin a temporada de DTM em 2019. No mesmo ano, também fez a pole position nas famosas 12 Horas de Bathurst e terminou em segundo na exaustiva corrida de endurance.

Desde 2018, Dennis é piloto de teste e desenvolvimento da Aston Martin Red Bull Racing. Sem nenhuma atividade automobilística relevante para Dennis em 2020 por causa da pandemia de coronavírus, essa função o manteve ocupado enquanto realizava testes em pista e em simulador para a equipe de Fórmula 1.

Apesar das poucas corridas em 2020, Dennis foi convidado para testar pela equipe da BMW de Fórmula E. Depois de impressionar com uma série de testes comparativamente com outros pilotos mais experientes, o piloto de 25 anos foi o escolhido para se juntar a Maximilian Guenther na temporada 2020/21 naquela que é a dupla mais jovem de pilotos do grid.