Participe. Dê um power boost a MORTARA na próxima corrida

Edoardo Mortara continua na ROKiT Venturi Racing pela terceira temporada ao lado do novo companheiro de equipe Norman Nato. Com uma temporada usando a unidade de potência e a tecnologia da Mercedes-Benz no currículo, o suíço-italiano quer ser uma pedra no sapato das fabricantes em 2020/21 à medida que ele adquire ritmo e promete muito na Fórmula E.

Nascido em Genebra em 1987, o piloto suíço deu o primeiro passo nos fórmulas em 2006, começando na Formula Renault, antes de avançar para a Euroseries da Fórmula 3. Como ex-campeão da série, Mortara foi um dos dois pilotos a vencer o prestigiado Grande Prêmio de Macau duas vezes, tendo conquistado vitórias seguidas em 2009 e 2010.

Transferindo-se para o campeonato de DTM alemã em 2011, Mortara disputou a categoria até sua estreia pela Venturi Formula E Team antes da temporada 2017/18. Depois de um início promissor na temporada, quando ele terminou em segundo em Hong Kong, já em sua segunda corrida de Fórmula E, o piloto suíço ficou para trás, terminando a temporada em 13º lugar.

Permanecendo por uma segunda temporada na equipe monegasca, Mortara fez parceria com o experiente piloto de corrida Felipe Massa e a nova chefe de equipe Susie Wolff na temporada 2018/19. Juntos, eles terminaram a temporada em 14º (Mortara) e 15º (Massa), com a equipe em oitavo no geral. 

Em sua terceira temporada na categoria, Mortara alinhou mais uma vez no grid ao lado de Massa. Agora com a Venturi equipada com o Mercedes-Benz EQ, Mortara aceitou o desafio diante das equipes de fábrica em 2019/20. O piloto suíço conseguiu alguns resultados consistentes, terminando entre os dez primeiros, na temporada passada, pontuando em sete das 11 etapas.

Com uma temporada usando a força e a tecnologia da Mercedes-Benz, Mortara pretende ser uma pedra no sapato ainda maior das grandes montadoras em 2020/21.

MAIS PERFIS